Pular para o conteúdo principal

Pantone anuncia duas cores para 2016.

A Pantone finalmente anunciou as suas cores do ano de 2016. São dois tons suaves chamados Quartzo Rosa (Rose Quartz) e Serenidade (Serenity). Pela primeira vez, duas cores foram nomeadas simultaneamente. O rosa delicado e o azul suave vão dominar o próximo ano.


Pela primeira vez, a Pantone lançou duas cores do ano para 2016. Apelidados de quartzo rosa e serenidade (PANTONE 13-1520 & PANTONE 15-3919), os tons são suaves e pastel. A mistura das matizes foi escolhida devido ao momento em que o mundo está passando. As pessoas buscam cada vez mais o bem estar e a atenção plena em seus dias, um antídoto para afastar as tensões e os problemas modernos.
A paleta traz exatamente isso: serenidade, equilíbrio, refletindo conexão e uma sensação calmante de ordem e de paz. A combinação predominante também desafia as percepções tradicionais de gênero e de associação cor.

“A seleção dessas cores é bem simbólica; mostra o que está acontecendo em nossa cultura e serve como uma expressão de um estado de espírito e uma atitude. Pela primeira vez Pantone introduz dois tons, Quartzo Rosa e Serenidade. O Quartzo Rosa é um tom persuasivo mas suave, que transmite compaixão e um senso de compostura. Serenidade é leve e arejado, como o céu azul acima de nós, trazendo sentimentos de alívio e relaxamento, mesmo em tempos turbulentos” – diz Leatrice Eiseman, diretora executiva do Pantone Color Institute.




Em muitas partes do mundo, estamos experimentando o fim dos gêneros (masculino/feminino) no que se refere à moda, que por sua vez, tem impactado as tendências de cores em todas as outras áreas do design.
Esta abordagem unilateral da cor coincide com os movimentos sociais em relação à igualdade e fluidez, já que o consumidor usa a cor como uma forma de expressão. Justamente essa geração tem menos preocupação em ser estereotipado ou julgado, o que abriu os olhos da empresa para diferentes abordagens dos tons.



As cores são perfeitas para serem aplicadas em várias superfícies, sejam elas feitas de materiais macios ou duros. Elas também são ótimas para ser utilizada em acabamentos matte, metálicos e brilhantes.
É legal ver que essa combinação junta-se facilmente com outros meios-tons. A paleta inclui verdes e roxos, marrons, e todos os tons de amarelo e rosa. Se você quiser adicionar um prata ou cores mais quentes, elas trarão mais brilho.



VIA 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Renova - A Boutique do Papel Higiênico.

  A marca européia   Renova fabrica lenços, guardanapos, papel toalha e papel higiênico coloridos. Sim! Há 6 opções de cores: verde, azul, vermelho, laranja, preto e rosa. As ativações da marca são muito legais: venda dos papéis coloridos em vending machines, pointsWC boutiques, exposições/displays em locais como o Museu do Louvre em Paris, aeroporto em Lisboa, shopping na Dinamarca. Nada como um banheiro cool, né? Se em algum supermercado vocês enxergarem alguém levando todas as cores, já sabem: sou eu.               Fonte: Follow The Colours

Karl Lagerfeld e Faber-Castell se juntam e lançam estojo “Karlbox”

Karl Lagerfeld é o todo poderoso (e conhecido) Designer Chefe e Diretor Criativo da grife Chanel. E uma das ferramentas que mais usa são lápis de cor e canetas para esboçar as peças de moda que fluem na sua mente criativa. E nada mais justo que ele em parceria com a Faber-Castell lançarem uma linha completa de produtos artísticos. A Karlbox é um luxuoso e elegante estojo preto com edição limitada contendo 350 instrumentos artísticos de qualidade para desenho e pintura, desenhado por Karl Lagerfeld. Produzida com habilidade exemplar, a sua estrutura de madeira se assemelha a um armário chinês: dentro, gavetas armazenam os materiais artísticos, ordenados por tonalidades de cor, todos selecionados pessoalmente por Karl, e simbolizam a sinergia entre moda, arte e design. As gavetas individuais são removíveis, para serem organizadas durante o desenvolvimento do trabalho criativo. O estojo é exclusivo, contendo um número de série e um certificado de autenticidade, tornando-o completamente o

Uma animação para entender o conflito entre Israel e a Palestina

Um vídeo irônico, satírico e inteligente feito pela cartunista norte americana  Nina Paley  mostra, de forma desenhada, o conflito histórico pelo domínio da região conhecida como Terra Santa. A animação “ This Land is Mine ” (“A Terra é Minha”) ilustra a matança dos povos habitantes daquela região, com a trilha sonora de Andy Williams criada por Ernest Gold e Pat Boone. “ This Land is Mine é uma paródia de The Exodus Song. Esta música era uma espécie de trilha sonora do sionismo americano na década de 1960 e 70. Era para expressar o direito judaico para Israel. Ao colocar a música na boca de todos os partidos em guerra, eu estou criticando a canção original ”, explica Nina Paley Respeitando a cronologia dos fatos, o vídeo retrata todas as guerras em torno da Terra Santa – nome bíblico que compreende o território de Israel, Cisjordânia e parte da Jordânia, que teria sido prometida ao povo judeu no Antigo Testamento. Entenda os personagens: Homem primitivo :  este