Pular para o conteúdo principal

O Twitter aboliu os favoritos



O Twitter é uma ferramenta bacana desde que foi lançada, porque sabe ouvir os seus usuários e aprender com o seu comportamento. Isso vem desde o início da sua chegada à web, em 2007 (antes ele era restrito a usuários de telefone… Não smartphone, telefone mesmo). Um bom exemplo disso é a “arroba”, que não era um recurso nativo da rede social. Começou como um comportamento dos usuários, sem nenhum link ou aviso de que alguém tinha feito uma menção à você, mas que foi incorporada, pois deixava a comunicação muito melhor.

Agora eles repetem isso, eliminando o “favoritos”. A estrelinha foi substituída por um coração e ganhou novo contexto (ou velho, dependendo do ponto de vista): agora ele significa “curtir”. 


É a transformação da rede social, baseada na forma com que os seus usuários interagem com ela: o hábito de dar um feedback sem palavras, foi oficializado.
Para a segunda função que é de marcar um tweet pra ler depois, e nunca ler, existem outras ferramentas.

Mas até 2017, eles prometem mais mudanças, como por exemplo, uma grande fusão com as outras ferramentas da companhia, como Periscope e Vine, que já usam o coraçãozinho.
Enquanto isso, o que acontece é a legitimação de um comportamento dos usuários, e a reformulação da sentença de um amigo: “No Twitter é assim: RT é sucesso de público, coraçãozinho é sucesso de crítica”.

VIA 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

15 de Maio | Dia Mundial da Família

14 de Abril | Dia Internacional do Café

Burger King cria perfil da "Jenifer"no Tinder pra distribuir cupons de desconto

O Burger King aproveitou o sucesso da música “Jenifer” e promoveu uma ação no aplicativo de relacionamento Tinder, que é citado no refrão da canção.

A marca criou um perfil no app intitulado “Jenifer do Burger King”. Ao dar match na conta, os usuários receberão cupons de desconto para usar nas lojas da rede.

Segundo o diretor de marketing da companhia, Ariel Grunkraut, o objetivo do Burger King é abrir espaços para novos jeitos de pensar propaganda. A música “Jenifer”, interpretada pelo cantor Gabriel Diniz, bateu mais de 200 mil visualizações e chegou ao topo das mais tocadas do Spotify Brasil.


VIA