Pular para o conteúdo principal

7 atividades que estimulam a criatividade

Ser criativo é ser capaz de criar conexões incomuns. Esta é a definição de criatividade que o publicitário Tadeu Brettas, da Ynner Treinamentos, mais gosta. “Geralmente os melhores resultados nascem de um olhar inusitado, de associações inesperadas”, explica o especialista.
A ideia é afastar momentaneamente os profissionais do turbilhão corporativo e apresentá-los a atividades divertidas e relaxantes para destravar a criatividade e estimular a capacidade de resolução de problemas.“Uma vez distante do problema, no momento em que relaxamos, a resolução aparece. O fato é que o nosso cérebro ainda estava trabalhando no desafio, só é algo que não percebemos de forma consciente. É a chamada iluminação”, explica.
Confira as 7 atividades que tem o poder de estimular o seu lado criativo:

Brincar

No dia a dia de trabalho é difícil encontrar tempo para fazer brincadeiras, contar piadas, dar risadas. Mas estes momentos de descontração podem ser o gatilho que falta durante o expediente para o surgimento de novas e boas ideias. E o melhor lugar para isso - se a sua empresa não é do tipo descolada que tem as chamadas salas de descompressão – é no espaço do café. Por isso, por mais que sua agenda esteja lotada de afazeres, não negligencie estes minutos mais descontraídos com seus colegas de trabalho no café da empresa. 

Desenhar (ou qualquer atividade artística)

 Ao desenhar, as partes do cérebro relacionadas ao processo criativo são estimuladas. Mas não é só o desenho que tem esse poder. Atividades artísticas, em geral, têm esse efeito. A mensagem aqui é um pouco mais profunda; desenvolva sua sensibilidade através da arte. Pode ser pela pintura, pela música, pelo teatro, pela literatura, e por aí vai. 

Correr riscos

"Quem não corre nenhum risco está correndo todo o risco”, não é mesmo? Em outras palavras: menos manuais e mais espontaneidade. Teve uma ideia? Libere-a de forma autêntica, com educação mas sem receio. 

 Pensar besteiras (também)

Da quantidade de ideias é que sai a qualidade. Não economize insights, deixe-os fluírem sem julgamentos ou censura. A espontaneidade estimulada resulta em constante brainstorming em relação ao mundo. E é dela que nascem as invenções revolucionárias.

Questionar o mundo

E por que não? Tempere o cotidiano com mais pontos de interrogação. "A criatividade nasce  de perguntas e não necessariamente de respostas. A criatividade nasce do pensamento divergente e não do pensamento convergente", afirma Tadeu Brettas.

Encontrar um ponto de fuga

Reservar espaço para sair da rotina, encontrar pontos de fuga. Uma viagem no fim de semana, um passeio em um jardim durante a manhã, um almoço diferente: cabe a cada um determinar a atividade dentro de suas próprias possibilidades e limitações.

Reunir achados criativos

Crie uma caixa de preciosidades. Não confie apenas na sua memória. Viu uma frase engraçada? Anote. Presenciou uma cena inusitada? Registre. Ouviu uma música diferente? Grave o nome. Com isso você vai criando o seu repertório de achados. 
O que achou? Ponha em prática, execute... Permita-se! A criatividade não tem limites!
VIA 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Renova - A Boutique do Papel Higiênico.

  A marca européia   Renova fabrica lenços, guardanapos, papel toalha e papel higiênico coloridos. Sim! Há 6 opções de cores: verde, azul, vermelho, laranja, preto e rosa. As ativações da marca são muito legais: venda dos papéis coloridos em vending machines, pointsWC boutiques, exposições/displays em locais como o Museu do Louvre em Paris, aeroporto em Lisboa, shopping na Dinamarca. Nada como um banheiro cool, né? Se em algum supermercado vocês enxergarem alguém levando todas as cores, já sabem: sou eu.               Fonte: Follow The Colours

Karl Lagerfeld e Faber-Castell se juntam e lançam estojo “Karlbox”

Karl Lagerfeld é o todo poderoso (e conhecido) Designer Chefe e Diretor Criativo da grife Chanel. E uma das ferramentas que mais usa são lápis de cor e canetas para esboçar as peças de moda que fluem na sua mente criativa. E nada mais justo que ele em parceria com a Faber-Castell lançarem uma linha completa de produtos artísticos. A Karlbox é um luxuoso e elegante estojo preto com edição limitada contendo 350 instrumentos artísticos de qualidade para desenho e pintura, desenhado por Karl Lagerfeld. Produzida com habilidade exemplar, a sua estrutura de madeira se assemelha a um armário chinês: dentro, gavetas armazenam os materiais artísticos, ordenados por tonalidades de cor, todos selecionados pessoalmente por Karl, e simbolizam a sinergia entre moda, arte e design. As gavetas individuais são removíveis, para serem organizadas durante o desenvolvimento do trabalho criativo. O estojo é exclusivo, contendo um número de série e um certificado de autenticidade, tornando-o completamente o

Uma animação para entender o conflito entre Israel e a Palestina

Um vídeo irônico, satírico e inteligente feito pela cartunista norte americana  Nina Paley  mostra, de forma desenhada, o conflito histórico pelo domínio da região conhecida como Terra Santa. A animação “ This Land is Mine ” (“A Terra é Minha”) ilustra a matança dos povos habitantes daquela região, com a trilha sonora de Andy Williams criada por Ernest Gold e Pat Boone. “ This Land is Mine é uma paródia de The Exodus Song. Esta música era uma espécie de trilha sonora do sionismo americano na década de 1960 e 70. Era para expressar o direito judaico para Israel. Ao colocar a música na boca de todos os partidos em guerra, eu estou criticando a canção original ”, explica Nina Paley Respeitando a cronologia dos fatos, o vídeo retrata todas as guerras em torno da Terra Santa – nome bíblico que compreende o território de Israel, Cisjordânia e parte da Jordânia, que teria sido prometida ao povo judeu no Antigo Testamento. Entenda os personagens: Homem primitivo :  este