Pular para o conteúdo principal

Semana Nacional Do Transito | Ação põe pedestres para dançar

Estamos na Década Mundial de Ações para a Segurança no Trânsito 2011/2020, e hoje, é o último dia da Semana Nacional do Trânsito cujo o tema é "Cidade para as pessoas: Proteção e Prioridade ao Pedestre" (que foi escolhido por uma sugestão da Câmara Temática de Educação para o Trânsito e Cidadania do Contran).
Segundo dados da seguradora Líder-DPVAT, o pedestre é o segundo tipo de vítima que mais motivou indenizações por morte, invalidez ou reembolso com despesas médicas, de janeiro a julho deste ano. Todos os dias são cerca de 370 pedestres envolvidos em acidentes de trânsito no Brasil.O trânsito no Brasil
Para além dos perigos com o pedestre, o trânsito brasileiro chama a atenção da OMS (Organização Mundial da Saúde) como problema de saúde pública, pelo grande número de acidentes. Estudos apontam que 1,4 milhão de pessoas morrem por ano em acidentes de trânsito, no mundo. O Brasil está em quarto lugar no ranking, com 40 mil mortes a cada ano. A maioria das vítimas são jovens de 20 a 29 anos, eles representam 25% dos acidentes fatais. Fatores como álcool e uso de celular ao dirigir estão entre os mais recorrentes.Ainda segundo a OMS, quase 80% das unidades de emergência do Brasil são ocupadas por vítimas de acidentes de trânsito. Campanhas estão sendo realizadas em todo o Brasil e pelo restante mundo também.
Uma bem interessante: foi em Portugal; pensando na pressa do dia a dia e nos grandes números de atropelamento, a marca Smart instalou uma cabine na praça onde as pessoas entravam e faziam movimentos de dança e estes eram transmitidos em tempo real  e replicados para o boneco vermelho do semáforo. Aí que começava a brincadeira! Enquanto os pedestres ficavam parados na calçada, ao invés de ficarem olhando apenas um bonequinho estático do semáforo, viam ele dançando de acordo com os movimentos de quem estava na cabine. O melhor de tudo é que a pessoa que estava dentro da cabine podia ver o quanto as pessoas do lado de fora estavam entretidas com os seus movimentos, e isso incentivava a ser ainda mais criativa com a sua performance. Conclusão, a distração acabava impedindo que os pedestres atravessassem antes da hora, e a espera do bonequinho verde passou a ser menos tediosa, fazendo com que mais de 81% das pessoas parassem no sinal vermelho dançando antes atravessar.



VIA e VIA 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Renova - A Boutique do Papel Higiênico.

  A marca européia   Renova fabrica lenços, guardanapos, papel toalha e papel higiênico coloridos. Sim! Há 6 opções de cores: verde, azul, vermelho, laranja, preto e rosa. As ativações da marca são muito legais: venda dos papéis coloridos em vending machines, pointsWC boutiques, exposições/displays em locais como o Museu do Louvre em Paris, aeroporto em Lisboa, shopping na Dinamarca. Nada como um banheiro cool, né? Se em algum supermercado vocês enxergarem alguém levando todas as cores, já sabem: sou eu.               Fonte: Follow The Colours

Karl Lagerfeld e Faber-Castell se juntam e lançam estojo “Karlbox”

Karl Lagerfeld é o todo poderoso (e conhecido) Designer Chefe e Diretor Criativo da grife Chanel. E uma das ferramentas que mais usa são lápis de cor e canetas para esboçar as peças de moda que fluem na sua mente criativa. E nada mais justo que ele em parceria com a Faber-Castell lançarem uma linha completa de produtos artísticos. A Karlbox é um luxuoso e elegante estojo preto com edição limitada contendo 350 instrumentos artísticos de qualidade para desenho e pintura, desenhado por Karl Lagerfeld. Produzida com habilidade exemplar, a sua estrutura de madeira se assemelha a um armário chinês: dentro, gavetas armazenam os materiais artísticos, ordenados por tonalidades de cor, todos selecionados pessoalmente por Karl, e simbolizam a sinergia entre moda, arte e design. As gavetas individuais são removíveis, para serem organizadas durante o desenvolvimento do trabalho criativo. O estojo é exclusivo, contendo um número de série e um certificado de autenticidade, tornando-o completamente o

Uma animação para entender o conflito entre Israel e a Palestina

Um vídeo irônico, satírico e inteligente feito pela cartunista norte americana  Nina Paley  mostra, de forma desenhada, o conflito histórico pelo domínio da região conhecida como Terra Santa. A animação “ This Land is Mine ” (“A Terra é Minha”) ilustra a matança dos povos habitantes daquela região, com a trilha sonora de Andy Williams criada por Ernest Gold e Pat Boone. “ This Land is Mine é uma paródia de The Exodus Song. Esta música era uma espécie de trilha sonora do sionismo americano na década de 1960 e 70. Era para expressar o direito judaico para Israel. Ao colocar a música na boca de todos os partidos em guerra, eu estou criticando a canção original ”, explica Nina Paley Respeitando a cronologia dos fatos, o vídeo retrata todas as guerras em torno da Terra Santa – nome bíblico que compreende o território de Israel, Cisjordânia e parte da Jordânia, que teria sido prometida ao povo judeu no Antigo Testamento. Entenda os personagens: Homem primitivo :  este